Esfoliantes para pele: Médico dá dicas sobre esfoliação

esfoliantes

Você sabe a importância do esfoliantes para a sua pele? O médico esteta doutor Paulo Kogake ensina alguns truques para quem deseja fazer sessões de esfoliação da pele sem sair de casa.

Esse tratamento é muito bom para quem está interessado em fazer uma limpeza profunda na pele e mais do que isso, ele estimula a circulação e a proliferação de células novas o que pode resultar no clareamento de manchas.

O mercado oferece inúmeros produtos esfoliantes, mas na hora de escolher muitas mulheres ficam em dúvida de qual deles levar, por isto o doutor Kogake explica o tipo certo de grânulos que o creme precisa ter: “Existem diversos produtos esfoliantes disponíveis no mercado, porém recomendo os sabonetes cremosos com grãos abrasivos, o que varia de acordo com a região a ser tratada: com grãos menores para a face, pescoço e colo e grãos maiores para as demais partes do corpo”.

Mas atenção, o médico não recomenda o uso de sabonetes em barra com grãos. “Eles irão agredir sua pele (arranhar), e não irão promover uma esfoliação verdadeira”, explica o diretor da Clínica Kogake.

Agora que você já sabe como escolher o melhor creme esfoliante, veja algumas dicas do doutor para realizar essa limpeza na pele melhorando o aspecto e o brilho dela.

Saiba + Batom vermelho para cada tipo de pele – Escolha o seu

“É recomendado não aplicar o esfoliante com muita força e também deve-se fazer uma boa hidratação da pele logo após. O modo e a intensidade da aplicação deve ser feito com cuidado, pois o excesso de esfoliação e a não hidratação da pele podem trazer resultados desagradáveis, como, por exemplo, ressecamento e coceira”.

A esfoliação não pode ser feita todos os dias, o indicado é realizar este procedimento semanalmente ou a cada 15 dias, sempre durante o banho. Como foi dito pelo doutor Paulo Kogake, não esqueça de hidratar a pele logo em seguida.

Deixe um comentário