Determinação e amor as chaves do sucesso de Renata Piazera

Por Renata Piazera 

 

Desde que era adolescente sonhava em poder atuar com animais! No entanto, o rumo profissional acabou me levando para uma outra vertente, em 2010, atuava como estagiária em uma indústria de alimentos quando recebi uma proposta de efetivação. Nesse momento, ao lado de meu sócio e marido Marcelo, enfrentamos a dúvida sobre escolher entre a segurança de continuar em uma empresa que gostava ou agarrar o meu sonho e partir para empreender em um ramo até então desconhecido no país (farmácia de manipulação para pets) onde teria que realizar tudo do zero. Pensamos muito nos prós e contras de cada decisão, mas o amor e carinho pelos animais falou mais alto e superei o medo optando pela segunda opção.

O começo foi difícil tive que realizar um empréstimo para abrir a primeira farmácia, em nossa cidade Jaraguá do Sul, onde não tinha nenhum funcionário, sendo que algumas vezes à tarde, minha mãe ia ajudar no atendimento, já que pela manhã dava aula, para que eu pudesse realizar visitas e as manipulações dos medicamentos. Durante os finais de semana o Marcelo e o meu pai também ajudavam.

Precisei de muita perseverança e foco porque muitas pessoas me desaconselharam a partir para esse tipo de negócio mencionando que ele não daria certo em uma cidade pequena com menos de 150 mil habitantes, além do fato de que os 25 veterinários da cidade eram relutantes em mandar receitas para manipular, sendo que um deles até chegou a dizer que eu passaria fome porque não me mandaria nada. Mesmo assim, me mantive firme na decisão. A decisão se mostrou acertada, pois desde a primeira semana já tinha o capital para pagar o aluguel.

Por conta dessa persistência, atualmente, a rede conta com 27 unidades comercializadas, sendo uma própria em Jaraguá do Sul (SC) e 21 já inauguradas, localizadas em Anápolis (GO), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Cabo Frio (RJ), Campinas (SP) Chapecó (SC), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Lauro de Freitas (BA), Novo Hamburgo (RS), Ourinhos (SP), Patos de Minas (MG), Porto Alegre (RS), Presidente Prudente (SP), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São José do Rio Preto (SP), São Paulo (SP), Sorocaba (SP), Uberlândia (MG). A expectativa é alcançar 35 unidades em funcionamento até 2018, sendo a primeira no exterior no Paraguai, que deve sair no primeiro semestre.

 

Deixe um comentário